+

+




CINEMA PINTURA BARRICADA MÚSICA



CINEMA PINTURA BARRICADA MÚSICA




CINEMA PINTURA BARRICADA MÚSICA





Ora, a insurreição é uma arte, exatamente como a guerra ou qualquer outro tipo de arte.

A insurreição submete-se a certas regras cuja inobservância conduz à ruína da parte que é por ela responsável.

Essas regras – conclusões lógicas, extraídas da essência das partes e das relações com as quais se tem de lidar em um tal caso, – são tão claras e tão simples que a curta experiência do ano de 1848 levou a que os alemães se tornassem bastante familiarizados com elas.

Em primeiro lugar, não se pode jamais jogar com a insurreição, caso não se esteja firmemente decidido a assumir todas as conseqüências do jogo.

A insurreição é um cálculo com grandezas altamente indeterminadas cujos valores podem-se modificar, a cada dia.

As forças do adversário possuem todas as vantagens da organização, da disciplina e da autoridade tradicional, situadas do seu lado.

Não sendo possível confrontá-las com forte superioridade, o resultado é a derrota e a aniquilação.

Em segundo lugar, tendo-se uma vez tomado o caminho da insurreição, há de se agir com a maior resolução e assumir a ofensiva.

A defensiva é a morte de toda e qualquer insurreição armada.

Essa última já resulta perdida, ainda mesmo antes de ter medido suas forças como as dos inimigos.

Surpreende teu adversário, enquanto as forças por ele detidas encontram-se ainda dispersas;

Providencia, diariamente, a obtenção de novos êxitos, ainda que sejam tão pequenos ;

Mantém do teu lado a superioridade moral que o êxito inicial da insurreição te concedeu ;

Arrasta os elementos vacilantes para o teu lado, os quais seguem sempre o impulso mais forte e sempre se alinham do lado mais seguro ;

Força teus inimigos a recuarem, antes mesmo que possam reunir suas forças ;

Para usar as palavras de Danton, o maior mestre de tática revolucionária conhecido até o presente momento :

De l’audace, encore de l’audace, toujours de l’audace!

Audácia, mais audácia e ainda sempre mais audácia!

+











+












+






1

25 * 26 * 27 * 28
DE JANEIRO
2008

24HS DE ESPETÁCULO

RUA FRADIQUE COUTINHO
NÚMERO 1036
APARTAMENTO 41
EDIFÍCIO DANIELA
VILA MADALENA

SÃO PAULO











x
















SO ITS TIME TO LEAVE YOU A PREVIEW
SO YOU TOO CAN REVIEW WHAT WE DO


UTÓPICA







X





X





X







X








X








X





+









+













+











A Gráfica Utópica imprime melancolicamente o pesadelo instaurado com a captura das nuvens. o Circo dos Sonhos e os palhaços de aço encenam com glamour o drama Como me tornei Bípede ou os problemas políticos de ser bípede. O Defensor das Nuvens e Oprimidos. Escrevi estas imagens com a pena da galhofa e a tinta da revolta, e não é difícil antever o que poderá sair desse conúbio. A revolta é sempre engraçada, e a galhofa me faz rir às vezes. Acresce que a gente grave não achará nas telas seu romance usual, ao passo que a gente frívola achará nelas umas aparências de puro romance; ei-lo aí fica privado da estima dos graves e do amor dos frívolos, que são as duas colunas máximas da opinião. Mas eu ainda espero angariar as simpatias da opinião, e o primeiro remédio é fugir de uma apresentação explícita e longa. O melhor espetáculo é o que contém menos coisas, ou o que as diz de um jeito obscuro e truncado. Conseguintemente, contarei adiante os processos extraordinários que empreguei na captura das nuvens. O certo é que nuvens de mil graus varreram esses anos, apesar de dormir bem todos os dias no silêncio do bairro. O certo é que posso afirmar que me tornei bípede enquanto outros perdiam pernas. Afeganistão em outubro (Operação “Liberdade Duradoura”), 26 de outubro é votado o Patriot Act no Congresso Americano, que restringe as liberdades, 11 de Outubro de 2002 o Congresso americano autoriza o recurso à força armada contra o Iraque e 20 de março de 2003 começa a operação “Liberdade Iraquiana”. Em 2007 chega a 000 o número de soldados americanos mortos no Iraque e aproximadamente 100.000 civis iraquianos (maioria mulheres e crianças). As nuvens parecem feitas de carne às vezes. Às vezes é um material mais morto. Morto ou carne, há a nuvem. De 1945 para cá, a sombra da aniquilação final paira sobre o destino da humanidade, sob a forma de uma ameaçadora nuvem em forma de cogumelo. Não ligamos mais. Antes risos do que prantos descrever. Acreditamos que Dada is Dead e que Deus é tiroteio. Não ligamos para nada e nada liga para nós. Acreditamos que Dada is Dad. De tão sem graça o mundo, tivemos que inventar algo para rir segurando a barriga enorme (dos outros). Rir como se ri da expressão Como dar arma para macaco ou Se compro um circo o anão cresce. Somos assim. Temos certeza absoluta de que o único que se libertou na Revolução Industrial foi o cavalo. Que a arte da paisagem não poderia ter nascido no deserto. Que Michelangelo esculpia em belos Mármores Escarrara (bem esverdeados). Que a dor é vida. Que é impossível comer o bolo sem o perder. Que todo sindicalista que se preza sabe que contra a direita e a elite, revolução é malevich. Que a nuvem partiu em uma nuvem fria, que não se faz mais antiguidades como antigamente. Que você pensa muito com a mente e rolamos de rir com isso. Toulouse Lautrec é Too Loser Lautrec! (Muito Perdedor Lautrec!! Com voz de Chuck D), Morandi não passa de uma conjugação do verbo morar (exemplo: Estou Morandi mal), andamos por aí saltitando e explicando que chamamos MarK Rothko de Arrothko, pois para nós se assemelha mais ao som que ocorre quando gases do estômago são expelidos através da boca para narrar os dramas da humanidade numa época de guerras e revoluções. Gazes são idéias que temos do que comemos. sós e Sorridentes, somos assim, a fila sem fim dos demônios descontentes. Explicado tão bem assim o Circo dos Sonhos que milita constantemente pela crise final dos pesadelos, penso que seria proveitoso dizer o que realizei com muito grado e litros de suco de suor de suvaco. O Bípede, disse eu, o autor, foi o primeiro a achar os quatro cantos da nuvem. Tarefa impossível, e só o impossível acontece, li em um muro.













X




















X















X


video

+






+





+





CONTRA A DIREITA E A ELITE

REVOLUÇÃO É MALEVICH




+






+





+


HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHHA

video


PRIORIZA A AÇÃO DIRETA

X

O PAPEL DO TRABALHO NA TRANSFORMAÇÃO DO HOMEM
EM MACACO





x









x













x















x











x











x


O RIGOROSO BALÉ














XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

video


RESPECT THE CRUEL BIRDS

+

+

+

















RESPECT THE CRUEL BIRDS


x




x




x


RESPECT THE CRUEL BIRDS

video

A GRAND METAPHOR

+

+

+

video


JACK SPARROW KEROUAC

Here's to the crazy ones. The misfits. The rebels. The troublemakers. The round heads in the square holes. The ones who see things differently. They're not fond of rules and they have no respect for the status quo. You can quote them, disagree with them, glorify them, or vilify them. But the only thing you can't do is ignore them. Because they change things. They push the human race forward. And some may see them as the crazy ones, we see genius. Becasue the people who are crazy enough to think they can change the world are the ones who do.
The only people for me are the mad ones, the ones mad to live, mad to talk, mad to be saved, desirous of everything at the same time, the ones who never yawn or say a commonplace thing but BURN BURN BURN like fabulous roman candles exploding like spiders across the stars

X






X





X


A NOITE AQUI É BRANCA



X








X









X






x




x



x



video


GODMONSTER FOR THE END OF THE WORLD






x















x















x


O PROBLEMA POLÍTICO DE SER BÍPEDE

.








.







.







X
















X













X


GRÁFICA UTÓPICA COM A FORÇA BÍBLICA
MOSTRA A DOR E A RAZÃO TARDIA DA VIDA.

A ESTEPE VERDE COMO
BALASVERMELHAS MARCHANDO
POR CAPINS BAIXOS.
NÃO TEMIA O MUNDO GRITANTE E BELO.
JAMAIS TEMIA SUAS CORES SE ESMAECEREM.
VIA O MUNDO ILUMINADO PELAS GUERRAS E CHAMAS
E AFRONTOU SEU DESTINO CALMO E CALADO.
TINHA PÂNICO DAS ALMAS TRISTES E CINZENTAS.
SABIAM QUE NAS GUERRAS REVOLUCIONÁRIAS AS
PESSOAS DESEJAM CORES BERRANTES
POIS NECESSITAM DE SE COLORIREM
COMO AS ESTRELAS DO CÉU.



video

+























+

+


+


+


video

VOU DAQUI PRA SEMPRE

x














x














x


ELES NÃO SABEM PARA ONDE VÃO E COMEÇAM A CAMINHAR